Resenha: Star Wars Estrelas Perdidas

maxresdefault

E galera! Faz um tempão que não coloco nada por aqui, mas a vida está corrida e está difícil de manter o blog sempre atualizado!

De qualquer maneira aqui vai mais um post com mais uma resenha (minha segunda) de livros sobre Star Wars!!!

Pois é, esse blog ta mais parecendo um blog exclusivo sobre Star Wars. É só ver o número de posts sobre o assunto e sobre outros. Não tenho culpa que sou nerd e Star Wars é um dos meus grandes vícios, ainda mais agora que para onde você olhar irá encontrar alguma espécie de merchandise sobre.

De qualquer maneira, fazer o que né, gosto mesmo e por isso vou encher vocês sobre o assunto. Tem mais dois livros na cabeceira para começar a ler, só que como disse na resenha anterior minha preguiça é muito grande para a leitura, o que faz com que isso seja bem demorado.

Bem, vamos ao assunto!

Star Wars: Estrelas Perdidas é mais um livro da série “Jornada para Star Wars: O Despertar da Força” (já fiz uma breve introdução sobre o assunto no meu outro post, dá uma olhada lá!!).

O livro conta a história de dois personagens principais, Ciena e Thane, duas crianças nascidas em Jelucan que cresceram vendo o império ganhar poder e sonhando em serem pilotos para o nosso amiguinho Imperador!!!

Primeiramente, é preciso dizer que este livro é um pouco mais adolescente do que o Star Wars: Marcas da Guerra. Porque? Porque fizeram o favor de enfiar um belo romance adolescente no meio, kkk, isso mesmo, é a Disney querendo atingir aquele pessoal aficcionado nos livrinhos adolescentes que viram filmes.

De qualquer maneira, independentemente deste romance que achei um tanto quanto irritante, o livro é muito bom.

A história, como disse, é centrada nos dois personagens que se esforçam para se tornarem pilotos do Império e conseguem, obviamente.

No início, seguindo os sonhos e esperanças dos personagens você quase que começa a gostar do Império. Isto porque eles só apontam o que seria o lado bom do Império. Os personagens parecem cegos em relação à maldade que exala das veias imperiais, Thane nem tanto!

Tudo começa a mudar quando o Império começa a colocar as suas garras de fora. O livro se passa durante os eventos da trilogia original, só com isso vocês já devem saber quais os motivos que levaram à mudança de sentimentos dos personagens.

Death-star-2

A Ciena continua fiel ao Império, e o Thane se junta à Rebelião (não são spoilers ta! basta ler a contracapa!!). Essa separação faz com que a tensão entre os dois personagens principais se intensifique no decorrer da narrativa (impressionante como numa galáxia tão distante e enorme eles se encontram a todo o momento, kkkk).

Temos no decorrer do livro situações bem legais que facilitam a visualização dos acontecimentos, especialmente os momentos de guerra. Eu, particularmente, visualizava sempre os modelos das naves, os personagens, a tensão do momento, gostei muito desse ponto (reitero, podia ter anos tensão amorosa, kkkk).

Temos, ainda, pequenas pitadas de nossos personagens queridos como Leia, Luke, etc. (até mesmo nossa queria Millennium Falcon!!!!)porém sem grande ênfase, sempre com citações em uma conversa ou em um dos eventos que já conhecemos da grande trilogia.

As referências, para aqueles que são fãs, aos planetas que estamos familiarizados também são grandes. Outro ponto interessante é uma leve menção à Jakku, planeta e nossa querida Rey de o Despertar da Força. Lá como dito no filme, foi travada uma das maiores batalhas pós Estrela da Morte. Aqueles que jogam o jogo da Eletronic Arts, Star Wars Battlefront também irão gostar das referências, na medida em que remetem diretamente a um dos melhores cenários (na minha opinião), do jogo.

featuredImage.img

O livro tem uma leitura muito fluida. Eu, novamente, da mesma forma que aconteceu com o Marcas da Guerra, li o livro quase que de uma vez só, o que é extremamente raro para uma pessoa preguiçosa com eu.

Acredito que a leitura valha a pena, especialmente para quem já é um fã ferrenho de Star Wars e não consegue ficar longe da série. Para aqueles que não são tão fãs e estão começando a se aventurar por esse mundo agora também vale a pena, talvez o lado mais adolescente, com romance etc., seja uma boa forma de trazer uma introdução para um mundo tão complexo como pode ser o universo Star Wars.

Espero que vocês curtam a leitura e deixem aqui seus comentários, agradecendo a dica ou me mandando a merda, se assim entenderem, rsrsrs.

Por fim, aconselho a procurarem o livro nas lojas online como amazon e saraiva, sempre mais baratas que lojas físicas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s